No Flamengo... para ser mascarado tem que ser melhor que o chefe nos bons tempos!

No Flamengo... para ser mascarado tem que ser melhor que o chefe nos bons tempos!

Hoje, para colher matéria para o site, fui ao Flamengo assistir a apresentação e ao pronunciamento do Zico como Big Boss do futebol rubro-negro.

A figura carismática do ídolo ao adentrar triunfalmente o salão, com hino e acompanhado pela diretoria do clube, sensibilizou a todos, convidados, jogadores, ídolos do passado, sócios e até mesmo aos jornalistas presentes.

O tema merecerá análise mais detalhada no bloco de Filosofia/Mitologia.

Zico administrará o futebol a partir da fábrica de futebol – Centro de Treinamento George Helal (Ninho do Urubu) – local onde poderá ser encontrado a maior parte do tempo.

A prioridade é preparar o ambiente de trabalho, montando a estrutura necessária para poder produzir jogadores e bom futebol.

Lógico que haverá contratações para o time atual, talvez esta semana alguns nomes sejam anunciados, não o fez até agora porque as tratativas no futebol são complicadas, são atos complexos envolvendo vários sujeitos na relação obrigacional. O show não pode parar. Vitórias são fundamentais.

Do clube nada receberá a título de vencimentos, pois sua imagem com ações de marketing associadas à marca Flamengo dará a ele um valor superior a qualquer remuneração que o clube pudesse vir a lhe oferecer.  Como ele mesmo disse o Flamengo já lhe deu muita coisa.

Além de ter rodado o mundo e conhecido centros de treinamentos na Europa e na Ásia, ele já construiu o CFZ.  Já construiu coisa sua. Sabe todos os problemas que podem advir de uma administração de obra inconsequente.

Zico - tenho fé - com sua credibilidade e trabalho estará preparando o Flamengo Futebol Clube.  Espero que ele desenvolva o projeto da mesma forma que desenvolveu sua própria carreira, com enorme brilhantismo.

Patrícia, ao entregar o comando do futebol a uma pessoa com a credibilidade de Zico, conseguiu unir em torno da presidência todas as correntes políticas do clube.

O trabalho da presidente agora passa a ser realmente o arremate da costura política dos poderes do clube.  Se vai conseguir esta unanimidade, ninguém sabe.

O que se sabe é que não poderão ocorrer falhas, pois tem muita gente de olho na projeção e visibilidade para negócios que um clube como o Flamengo proporciona.

Muita gente, desde a fundação – já há mais de um século de vida - deve ter enriquecido atuando nos “cargos de sacrifício” do Clube de Regatas do Flamengo.

Patrícia, com sua atuação no dia de hoje, parece que está fadada a uma brilhante carreira política na administração pública.  Só espero que possa ter seus caminhos iluminados. Não sei qual o seu partido político, mas espero que não seja um desses que estão na minha lista negra, pois terá o meu voto... Se não pisar na bola!

Com a entrada de Zico no comando do futebol, acabou-se a empáfia e máscara de falsos meninos e barbados que se acham os donos da cocada preta. 

Para ser mascarado agora no elenco do Flamengo o sujeito, no mínimo, tem que apresentar um futebol melhor do que o Big Boss apresentou nos seus bons tempos... 

Quem se habilita?

A nação espera novos tempos... com ex-atletas na administração!

E você, o que acha?

Dê sua opinião!

Add comment


Security code
Refresh