Domingo tem Vasco X Flamengo no Engenhão... Que jogão!

Domingo tem Vasco X Flamengo no Engenhão... Que jogão!

O Flamengo sempre foi o pesadelo do Vasco!

A polícia montou esquema especial de segurança e de trânsito para garantir o divertimento do público.

As vendas de camisas dos dois times aumentaram...

Os motivadores/contadores de história dos dois times se movimentam apresentando para os jogadores frases, episódios, filmes e vídeos de embates anteriores.

Os cartolas vascaínos consideram - desde a época do “Torneio Início”, que ocorreu no período de 1916 a 1967, tendo havido um edição comemorativa em 1977, com todas as partidas realizadas no mesmo dia, 20 minutos cada uma – os jogos contra o Flamengo como um campeonato à parte.

A mídia, embalada pelos patrocínios, abraçou a idéia dos cartolas.

Essa rivalidade, pelo que parece, começou ainda em época anterior, veio do remo.

Dizem que é a maior rivalidade do futebol brasileiro, como se isso partisse dos torcedores dos dois clubes. Eu não penso assim e também não vejo a torcida rubro-negra com essa euforia toda quando comenta sobre o jogo contra o Vasco.

Os torcedores dos outros times também consideram o Flamengo como o grande rival.

Até na televisão, alguns programas de esporte torcem na maior cara-de-pau pro Vasco ou para o Corinthians, esquecem que o Flamengo tem interesse na Libertadores e que só não foi campeão, ou só não está disputando o título, porque aconteceram muitos empates, 15 no total. Com três ou quatro vitórias desse total, se tivesse ousado um pouco mais, estaria liderando e/ou disputando o título de campeão.

Teve até comentarista esportivo que “quase” falou hoje que o Flamengo deveria entregar o jogo para o Vasco, pois o Flamengo deveria estar lutando pelo título e não para disputar a Libertadores, esquecendo que o torneio sul-americano é uma importante fonte de receita para os clubes participantes e que os clubes, sim, estabelecem como meta a classificação para a Libertadores e, se possível, se as condições forem favoráveis, o título do Campeonato Brasileiro.

A vontade de falar mal do Flamengo é tão grande que teve comentarista hoje que acusou o clube da gávea de estar administrando mal a venda dos ingressos para a partida contra o Vasco da Gama. Esclarecido, ainda no ar, que a responsabilidade era do Vasco, não deixou a peteca cair, disse que se o Flamengo tivesse dado o exemplo as “coisas” poderiam estar melhores.

Falam mal da Patrícia Amorim como se somente ela ocupasse um cargo como parlamentar, mas esquecem que o Roberto Dinamite, presidente do Vasco da Gama, também é deputado, assim como muitos outros.

Todos os que disputam a presidência dos clubes de futebol profissional estão em busca de projeção política, pois o assédio da mídia em cima do futebol é enorme. A projeção política é muito grande e fácil, depende dos times montados para a temporada, tudo com o dinheiro do clube. É uma propaganda política gratuita.

A massa de torcedores confunde o desempenho do time em campo com a competência de seus dirigentes para serem administradores públicos.

Os jogos contra o time de São Januário... lembram-se da “era” Eurico Miranda? Havia um estardalhaço na mídia, chamando a atenção para o hiperbólico “Clássico dos Milhões”, epíteto que era usado na época do rádio, para promover o clássico.

Dizem que o deputado chegava a fazer a preleção “exigindo” a vitória sobre o time que tem a maior torcida do mundo, não deixando de ser hiperbólico aqui também.

Então! Domingo tem jogão de bola no Engenhão... que saudade do Maraca!...

Corinthians precisa de um simples empate pra ser campeão brasileiro...

Vasco precisa de uma vitória sobre o Flamengo e torcer para que o confuso time do Palmeiras vença o rival Corinthians.

Palmeiras não precisa de nada, só precisa, naturalmente, rezar para que o ano termine sem mais uma declaração polêmica de qualquer de um de seus diretores.

Já o Flamengo necessita apenas de um empate para se classificar para a Libertadores.

Rezemos para Zeus fazer com que o árbitro da partida esteja em um bom dia.

Domingo tem Vasco e Flamengo no Engenhão...

Que jogão!

E você, o que acha?

Dê sua opinião!

 

Add comment


Security code
Refresh